Aço inoxidável enferruja? Tire essa e outras dúvidas!

Ao investir em equipamentos, maquinário e itens de cutelaria, uma das preocupações de quem faz o investimento é encontrar produtos que ofereçam durabilidade e fácil manutenção, não é mesmo? Composto por ferro, carbono, cromo e, em alguns casos, níquel, o aço inox se destaca como uma dos favoritos quando o assunto é resistência.

Apesar do nome, que indica o aço inox como um aço não oxidável, existe uma dúvida acerca desse assunto que ainda é compartilhada por muita gente. Afinal, será que aço inoxidável enferruja? A resposta é sim, mas com muita dificuldade. A corrosão basicamente é um processo de oxidação avançada, que ocorre em função da perda de elétrons.

Por ser um dos metais mais resistentes da atualidade, o inox se mantém sendo um dos melhores aços para a fabricação de facas, canivetes, instrumento cirúrgicos, maquinários industriais e comerciais.

Imagem de faca de inox da CIMO

Portanto, apesar de ser super resistente, precisa ser conservado e receber a limpeza e manutenção corretas para não corre o risco de oxidar. Para entender mais sobre como ocorre esse processo, descobrir quais são os principais responsáveis pela oxidação e o que fazer para evitar esse problema, continue a leitura!

O que difere o aço comum do aço comum do inoxidável?

Antes de mais nada, o que compõe o aço? Basicamente é uma liga de ferro e carbono, no qual o teor de carbono é pequeno. Sendo assim, o comum enferruja com facilidade, pois é feito predominantemente de ferro.

Canivete com lâmina e cabo inox

A diferença entre o aço comum e o aço inox é que no caso do inoxidável, é que além de ferro e carbono e níquel, existe uma porcentagem de cromo adicionada à composição.

O cromo presente na composição do inox reveste a peça formando uma película transparente e extremamente fina, chamada de camada passiva. Graças a ela, o ferro desse tipo de metal fica protegido contra o contato com a água e o oxigênio, dificultando a oxidação. Motivo pelo qual ao comparar, o aço carbono enferruja com mais frequência.

Como o aço inoxidável pode oxidar?

A corrosão ou oxidação é um processo de deterioração de metais provocado pela interação entre intermediadores naturais como o oxigênio, que encontra-se presente tanto no ar quanto em átomos na superfície do aço. Nos casos em que os metais possuem ferro, o resultado da reação é óxido de ferro, também chamado de “ferrugem”.

Imagem de utensílio garra de urso de aço inox

Com isso, existem alguns produtos e condições que podem corromper e desgastar a camada passiva de cromo no aço inoxidável, causando pequenas fissuras que permitem maior contato do oxigênio com o ferro, ocasionando pontos oxidação.

O que fazer para que o aço inoxidável não enferruje?

Além da manutenção através da limpeza constante das peças, para garantir que o aço inox não enferruje é importante evitar que produtos químicos como o cloro – que é capaz de penetrar através da camada protetora formada pelo cromo – entre em contato com o equipamento. Por isso, evite realizar a limpeza desses produtos com água sanitária, por exemplo.

O contato entre dois metais diferentes em meios que transmitam eletricidade também pode terminar em corrosão. No caso do inox, o contato direto com alumínio deve ser evitado. Para isso, pode ser adicionado um material isolante entre um e o outro.

Outro ponto que favorece e propicia a corrosão é a presença e acúmulo de bactérias. Afinal, elas são capazes de incidir em um resultado metabólico que consome o aço inoxidável. Assim, a melhor forma de prevenção é a limpeza. E para que seja feita da forma correta, e sem risco de danos, o ideal utilizar água e sabão neutro.

Confira a seguir tudo que deve ser evitado para que o aço inox não enferruje de forma resumida:

Imagem de faca de aço inox

  • soluções de esterilização e abrasivos, como saponáceos ou polidores;
  • produtos ácidos e químicos;
  • sal combinado a altas temperaturas;
  • proliferação de bactérias;
  • pó e sujeira;
  • contato com aço comum e alumínio (principalmente em situações de umidade).

Além disso, vale ressaltar que é muito importante conhecer e, inclusive, confiar nos fornecedores do material que você está adquirindo!

Qual é o melhor tipo de aço inoxidável?

Existem diferentes tipos de aço inox e alguns deles são mais suscetíveis a ferrugem do que outros. Dois dos mais resistentes que poderíamos destacar são: os aços Aisi 420 ou 440C. Mas independentemente do tipo, toda máquina, faca ou estrutura precisa ser conservada para evitar danos e corrosão.

Quais são as vantagens do aço inoxidável?

Como vimos, a liga de metal que compõe o aço inoxidável pode sim sofrer oxidação, conforme a falta de manutenção ou contato com bactérias e gentes corrosivos. Porém, quando falamos em danos físicos à peça, o risco do aço inoxidável ser corrompido é inferior perto de qualquer outro material ferroso.

Por isso, quando falamos nas vantagens do aço inox, ele continua se destacando! Não é atoa que é tão comum encontra-lo em diferentes objetos que ocupam as mais diversas funções no nosso dia a dia. Os maiores benefícios que podemos destacar ainda são:

Imagem de canivete de aço inox

  • alta durabilidade;
  • limpeza e higienização simples;
  • permite reciclagem;
  • resistente à temperaturas;
  • resistente à água;
  • baixo custo de manutenção;
  • agrega um aspecto de modernidade.

Sendo assim, ao observar o que causa, como ocorre o processo de oxidação, os tipos de aço inox mais resistentes e suas vantagens, concluímos que o aço inoxidável indiscutivelmente é um metal muito resistente. Mesmo assim, é muito importante tomar os devidos cuidados com a sua manutenção para garantir longa durabilidade do seu utensílio ou equipamento.

Gostou do conteúdo? para mais informações, dica e novidades sobre o universo da cutelaria e esse estilo de vida afiado continue acompanhando as postagens do blog! Aproveite para conferir o nosso post quais são os melhores tipos de aço para a cutelaria?