Churrascos diferentes: descubra a cultura de cada região!

Com um território de proporções continentais, cada região brasileira possui um tipo de churrasco diferente, de acordo com a cultura do seu povo. Mesmo assim, podemos dizer que o churrasco é um prato bastante comum na culinária do Brasil, reunindo famílias, amigos e parentes com um só objetivo: assar aquela carne!

Mas a pergunta que não quer calar é: será que o modo de preparo do churrasco varia muito de região para região? E os temperos, como são utilizados nos cortes de carne? Qual será o estado que mais faz churrascos?

Vamos responder a todas essas perguntas no post de hoje. Acompanhe!

Quais os principais cortes de carne no Brasil?

Os cortes de carnes apresentam variações de acordo com a preferência da região, por isso os churrascos acabam sendo diferentes, também. No entanto, alguns deles são universais, como a picanha e a costela, que são os principais. Nesses casos, o que muda mesmo são os temperos e acompanhamentos servidos.

Pensando nisso, a Cutelaria Cimo decidiu trazer para você como são feitos os churrascos de cada região do Brasil. Certamente você já tem a receita certa para o seu churrasco, mas que tal algumas informações que possam te ajudar a tentar uma forma diferente de assar a carne?

Caso você se interesse especificamente por cortes de carne, colocamos aqui neste post alguma dicas básicas de como cortar a carne corretamente. Aproveite para entender melhor sobre este assunto!

Churrasco na Região Sul

Imagem de legumes assados

Quando o assunto é churrasco, a região Sul é especialista, tanto no Rio Grande do Sul quanto nos Estados do Paraná e Santa Catarina. Nesses lugares a cultura do churrasco é muito forte, com churrascarias espalhadas por todo o canto.

Para os sulistas, fazer um bom churrasco requer um ritual minucioso, desde a escolha dos cortes da carne até a altura certa da grelha em relação às brasas. O tempero prioritário nessa região é o sal grosso. Muitos até dizem que usar qualquer outro tipo de tempero é um crime.

Todo churrasco no Sul tem a linguiça toscana com farofa como entrada e depois vem os principais cortes bovinos: a costela, a picanha e o contrafilé. Sim, esses cortes são preferidos dos sulistas. Os gaúchos vão ainda mais longe e preferem fazer uma tradicional costela de chão, que se trata de assar a costela em um fogo feito no chão (sem o uso de churrasqueira), o que traz um sabor defumado incrível para a carne.

Entre os acompanhamentos mais famosos do churrasco da região Sul estão a maionese de batatas e cenoura, o arroz branco, o vinagrete e uma boa farofa feita com cebola, bacon, calabresa e farinha de mandioca.

E aí, já deu água na boca só de pensar no churrasco gaúcho?

Churrasco na região Sudeste

Imagem de picanha fatiada

O Sudeste também consome muito churrasco, porém, eles não são tão tradicionais: costumam ser inovadores na hora de assar uma carne. Entre seus cortes preferidos estão a picanha, a alcatra, a maminha, além de diversos cortes suínos.

Mas, a verdade é que, se você for a uma churrascaria do Rio de Janeiro, São Paulo ou Espírito Santo, você vai perceber que eles servem também frutos do mar e comida japonesa, ou seja, eles vão bem além da exclusividade do churrasco.

Porém, as características marcantes deste prato para eles ainda estão presentes e fazendo sucesso com carnes mais nobres e diferentes cortes. Como entrada, os minis pastéis de carne são obrigatórios.

Como acompanhamento, eles não economizam! Por isso, vale tudo: batata frita, maionese temperada, farofa com bacon, ovos cozidos, cebola na brasa, arroz, macarrão e até feijoada, dependendo do local.

Churrasco no Norte e Nordeste

Imagem de costela assada

E quanto ao churrasco do Norte e do Nordeste, como será que eles fazem? O povo Nortista e Nordestino tem fama de comer muito bem, tanto que em seu café da manhã eles logo preparam a macaxeira com tapioca, cuscuz, pamonha, dentre outros alimentos com muita sustância.

Mas com certeza você já deve ter ouvido falar que, principalmente na região norte, o consumo de carne de peixe é bastante forte. Isso é compreensível, se levarmos em consideração a geografia da região em que estão inseridos.

E no churrasco, o atrativo principal é a carne de sol, que é uma carne temperada com sal e deixada para secar ao sol. Esse tipo de carne é tradição na região do Nordeste, pois antigamente, como não dispunham de geladeiras, essa técnica era utilizada para preservar as carnes por mais tempo.

Para acompanhar o churrasco de carne de sol, nada melhor do que um aipim cozido ao ponto de estar derretendo e feijão-de-corda com vinagrete. Por lá, o tradicional churrasco é assim e bastante saboroso! Além dela, podemos encontrar pratos com frutos do mar e muita salada com coentro.

E aí, se identificou com algum desses tipos de churrascos? Não importa de qual região você é: o mais importante é que você sempre tenha tempo e amigos para fazer um bom churrasco, não é mesmo?

E se você gosta de colocar a mão na massa e testar as suas habilidades como churrasqueiro, a Cutelaria Cimo tem facas para churrasco de altíssima qualidade fabricadas em aço inox 420 e cortadas com tecnologia a laser, o que confere a elas um fio de corte muito mais eficiente e durável. Acesse o nosso site e confira as nossas facas exclusivas!

Deixe um comentário