Como acender churrasqueira? 5 dicas práticas para se tornar um expert!

Se tem uma coisa que o brasileiro pode dizer que gosta tanto quanto futebol e cerveja é o churrasco. Quem não gosta de uma carne ou linguiça assada na brasa? Churrasco é bom, mas nem todo sabe como acender uma churrasqueira, não é mesmo?Então, se você não quer fazer feio no próximo almoço da família ou na churrascada com os amigos, confira essas 5 dicas que vão te transformar em um expert no assunto, um verdadeiro mestre churrasqueiro.Acender a churrasqueira vai muito além do que só acender um fósforo e jogar no carvão. Existe toda uma técnica por trás e isso é pura química, afinal envolve a arte do fogo. Mas antes de te ensinar as dicas, que tal aprender a escolher o melhor carvão?

Carvão: como escolher o melhor?

Não existe churrasco sem fogo e fogo sem carvão. Para acender uma churrasqueira a escolha do carvão já garante metade do caminho.

Se engana quem pensa que carvão é tudo igual. Se algum dia seu churrasco foi por água abaixo e você não sabia porque, provavelmente o grande responsável por esse desastre foi o carvão de péssima qualidade.

Existem dois tipos de carvão que são os mais comuns e fáceis de encontrar, o vegetal e o biquete.

Carvão vegetal

Esse é aquele tipo de carvão barato, que provavelmente você vai encontrar com facilidade em qualquer mercadinho. A sua origem se dá por meio da carbonização de lenha ou madeira, por isso tem um valor mais em conta. Acender esse carvão é algo simples, fácil, o que faz com gere uma quantidade de calor boa. A qualidade da madeira interfere diretamente na durabilidade da sua brasa, então quando for comprar, é bom prestar atenção nisso.

Carvão biquete

Esse tipo de carvão é feito de restos de madeira, como o pó de serra, e outros resíduos que seriam descartados na natureza. Ele é um bloco pequeno, na grande maioria das vezes em formato cilíndrico e por ser feito por meio de reaproveitamento de madeira, tem alta densidade, além de ser ecológico. Como o seu material é mais denso, esse tipo de carvão exige uma preparação mais elaborada.

Se você ainda não tem muita prática para acender o fogo, então o carvão vegetal é o mais indicado. Na hora de comprar, dê preferência para as marcas feitas com madeiras nobres, como o eucalipto ou a acácia negra.

Verifique se o saco não tem pedaços de carvão muito pequenos ou poeira, isso com certeza vai te atrapalhar, já que vai formar muita fumaça.

Sobrou carvão do último churrasco? O ideal é guardá-lo em local seco e longe de umidade para que isso não comprometa a qualidade do carvão no próximo uso.

Agora que você já sabe escolher o melhor carvão, papel e caneta na mão pra anotar essas 5 dicas dignas de um mestre churrasqueiro.

  1. Use o álcool de forma efetiva!

Antes de começar, o sucesso do fogo vai depender da qualidade do seu álcool. O mais indicado é usar um álcool que seja mais forte que o álcool 70, por tem uma concentração menor de água. Você também pode optar pelo em gel.

Essa talvez seja a maneira mais conhecida de se acender uma churrasqueira, mas é importante que você tenha cuidado redobrado.

Para começar, coloque os pedaços de carvão no fundo da churrasqueira e espalhe e jogue o álcool em cima. Não acenda o fogo de imediato. Espere alguns minutos para que o carvão absorve o álcool. Depois é só atear fogo em um pedaço de jornal ou papel, jogar na churrasqueira e pronto!

  1. Pão

Para esse método você vai precisar de pão adormecido e álcool. É só encharcar o pão de álcool e colocar no fundo da churrasqueira. Cubra o pão com pedaços grandes carvão para que fique parecendo uma pirâmide, jogue mais um pouco de álcool do carvão e acenda o fósforo.

  1. Papel higiênico e óleo

Enrole um pouco de papel higiênico na sua mão até formar um cone. Com o carvão no fundo da churrasqueira, abra espaço para colocar o papel no meio e depois jogue o óleo de cozinha. Feito isso, é só acender o fogo.

  1. Cone de papelão

Essa técnica é muito parecida com a do papel higiênico. Rasgue alguns pedaços do saco de carvão e forme um cone, caso a sua churrasqueira seja grande, provavelmente você vai precisar de mais. Coloque o álcool de cozinha dentro dos cones e acenda o fogo nas pontas. Essa técnica é um pouco mais lenta que as outras e pode demorar de 5 a 10 minutos para que o carvão seja tomado pela chama.

  1. Acendedor automático

Esse é o método mais indicado para quem quer praticidade. O acendedor automático nada mais é que um ferro com ligação na tomada. É só colocar na churrasqueira, no meio do carvão e esperar mais ou menos uns 5 minutos para que a brasa comece a se formar.

Agora que você já sabe escolher o carvão e já aprendeu a acender a sua churrasqueira com mais facilidade, que tal descobrir os melhores truques para escolher uma boa picanha? Aqui no blog da CIMO nós temos todos os assuntos necessários para te transformar em um verdadeiro chef churrasqueiro!

Continue nos acompanhando por aqui e em nossas redes sociais! Nos vemos no próximo post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *