Faca para churrasco Cutelaria Cimo

5 dicas para preparar um verdadeiro churrasco gaúcho!

Os gaúchos são muito famosos por seus churrascos, tanto que a região ficou marcada como o Estado do churrasco. E a popularidade não é à toa! O churrasco gaúcho é para deixar qualquer um com água na boca e com sorriso de orelha a orelha depois de comer. Eles são especialistas quando o assunto é comer bem. Por isso, hoje, nós, da Cutelaria Cimo, trouxemos dicas especiais para você aprender a preparar um tradicional churrasco gaúcho. Confira agora!

Afinal, quais as 5 dicas do verdadeiro churrasco gaúcho?

Preparar um churrasco, apesar de parecer uma tarefa simples, requer muita atenção, já que qualquer descuido pode estragar a carne. Então, siga nossas valiosas instruções para não errar mais!

Dica 1: Escolha as carnes com apreço

Surpreenda no churrasco gaúcho com carnes com cortes certos

A qualidade das carnes é imprescindível para um bom churrasco. Escolher as peças de carne com atenção é muito importante para quem vai receber a família e os amigos.

Se você optar por fazer uma costela, repare se ela não tem uma capa de gordura muito grossa. Muita gordura pode fazer com que você sirva menos carne para os seus convidados, sem contar, que o gosto da gordura pode predominar depois de assada. Então, procure uma peça com mais carne.

Se preferir os cortes mais tradicionais do churrasco, como picanha, alcatra e contrafilé, atente-se à cor e ao aspecto da carne, pois muitos açougues tentam vendê-las perto de estar passada para não perder dinheiro. Aliás, essa é outra dica, vá a lugares de confiança para comprar as peças.

É importante que as carnes estejam vermelhas e com aspecto límpido, sem manchas, partes opacas ou colorações escurecidas. O cheiro é outra forma de verificar se a carne não está passada.

Dica 2: Tenhas facas afiadas e de qualidade!

Faca para churrasco da cutelaria cimo

Nossa segunda dica é em relação aos instrumentos que você irá utilizar para preparar suas carnes. Ter facas específicas para churrasco é fundamental para fazer cortes precisos.

A picanha, a alcatra e o contrafilé precisam ter a espessura de dois a três dedos para estarem em um corte ideal. E somente uma faca de aço inox de alta qualidade dará conta do recado.

Contar com uma lâmina eficiente também facilita o trabalho de servir. E mais do que isso, uma bela faca de churrasco impõe respeito, mostra que você sabe o que está fazendo. Vale a pena investir em um modelo especial!

Dica 3: Sal na medida certa

Outra dica importante é a quantidade de sal. Carne sem sal é sem graça e muito salgada pode ser intragável. Os gaúchos são adeptos do sal grosso, o mais usado em churrascos em quase todas as regiões do Brasil.

Tenha noção da quantidade de tempero que você irá usar. Os nossos amigos do Rio Grande do Sul sempre aconselham salgar as carnes na hora que for colocá-las na brasa. Deixá-las muito tempo no sal pode ser um verdadeiro desastre. Cuidado!

Meça o tanto de sal grosso de acordo com o tamanho da peça. Se estamos falando de peças inteiras, podemos usar uma palma de mão de sal de cada lado. Agora, para filés, um punhado de cada lado é o suficiente.

Se não tiver certeza se está usando a medida certa, asse primeiro um filé e tire para a galera experimentar. Deixe para temperar o restante depois. Prove para saber se está bom!

Dica 4: Cuide da altura da grelha e do fogo

Atenção para não queimar a carne! Não demore muito para servi-las. Fogo e grelha na medida certa, essa é a ideia!

Mas, como saber se estou fazendo certo?

Observe se o braseiro está bem acesso, sinta se o calor está forte, coloque as carnes no fogo e não se distraia. Verifique se elas estão assando de forma uniforme e fique de olho ao momento de virar.

Se você perceber que a carne está queimando muito rápido, suba um pouco a grelha para que os filés não passem do ponto. Se estiver assando devagar, use algo para abanar e aumentar a brasa!

Dica 5: Abuse dos acompanhamentos

Um tradicional churrasco gaúcho não pode ter mesquinharia, fartura é palavra de ordem. E os gaúchos entendem de comer bem, por isso sempre apresentam diversos acompanhamentos.

Prepare-se para maionese de batata, farofa, pão de alho, coração de galinha, além da clássica linguiça campeira, feita de coxão mole bovino, gordura, alho, cebola e cebolinha verde. Fica muito deliciosa quando assada na brasa!

Quer surpreender e agradar a todos? Capriche nos acompanhamentos e sirva o melhor churrasco gaúcho!

E aí, gostou das dicas da Cutelaria Cimo para preparar aquele churrasco de verdade?

Vai aí mais uma dica extra: confira as lindas facas para churrasco de aço inox 420 da Cimo e escolha uma para te acompanhar nesses momentos de confraternização com a família e amigos! Acompanhe nosso blog e veja mais posts relacionados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *