imagem de facas cimo em uma bancada de cozinha com legumes

5 competências e habilidades que um bom cozinheiro precisa ter

Há quem diga que cozinhar faz bem à alma, tira o estresse e acalma. Não há nada melhor do que esperar o final de semana chegar e fazer aquele churrasco no final da tarde do sábado ou aquela lasanha especial no domingo com a família. Entretanto, para ser um bom cozinheiro existem algumas habilidades e competências que se devem aprender logo no início.

Algumas delas são: colocar a higiene em primeiro lugar – tanto pessoal quanto dos alimentos, manter a organização e limpeza da bancada, ter paciência e disposição para aprender coisas novas, possuir habilidades com a faca, entre outros exemplos.

Pensando em quem ama cozinhar, nós da Cutelaria Cimo, preparamos este post com 5 competências e habilidades que todo bom cozinheiro precisa ter. Aprenda onde focar em seu desenvolvimento para ser um chefe de cozinha notório!

1. Manter a organização e higienização adequadas

imagem de um cheff de cozinha preparando uma salada

A higiene deve ser sempre em primeiro lugar. Antes de começar a cozinhar, lave bem as mãos com sabão, seque-as e passe álcool em gel. Depois, prossiga em fazer a limpeza dos utensílios culinários que irá usar. Os alimentos também devem ser higienizados: os legumes e os vegetais precisam ser lavados e escorridos, e as carnes, como frango, devem ficar de molho no sal, tudo para garantir que nenhum agrotóxico ou bactéria seja consumido.

É de extrema importância nunca esquecer de realizar esses passos, pois uma colher mal lavada, uma panela mal higienizada, um vegetal que passou despercebido, podem causar complicações como intoxicação alimentar. Preserve sempre a sua saúde e a de quem comerá a sua comida.

Outra dica é sempre manter os utensílios no seu devido lugar na hora de cozinhar. Enquanto as comidas no fogão cozinham, lave a louça, evitando, assim, o acúmulo desnecessário de itens sujos em cima da bancada. Organize os potes e os ingredientes que você irá usar para não se perder na receita. Manter uma boa disciplina facilitará muito sua vida na hora de cozinhar.

A seguir, daremos algumas recomendações de como higienizar frigideira, como devolver o brilho a panelas e como tirar o cheiro de cebola e alho das mãos.

Como impedir a oxidação da frigideira de ferro

Uma maneira de impedir que sua frigideira oxide na hora de lavar é evitar usar detergente comum, opte por usar sal grosso. Ele irá remover os odores e não deixará com que ela faça o processo de oxidação. O método é bem simples, despeje o sal dentro da frigideira e, com o auxílio da esponja ou de um pano, esfregue-o até limpar. Enxague-a e seque-a bem.

Como remover os cheiros que ficam nas mãos

Parece que o cheiro da cebola e do alho ficam eternamente nas mãos, mas calma, existe um jeito bem fácil para resolver isso! Você pode usar meio limão ou um pouco de sal e esfregá-los nas mãos. Eles retiraram todo o cheiro. Outra opção é passar ambas as mãos em algum utensílio feitos de inox, como uma colher, uma faca ou panela.

Falamos um pouco mais sobre as vantagens do inox em um post no nosso blog, vale a pena conferir!

Como fazer a limpeza correta da tábua de madeira

Para fazer uma higienização de forma correta da tábua de madeira, passe um punhado de sal grosso na superfície e deixe agindo entre 10 a 15 minutos. Depois do tempo de espera, esfregue meio limão e deixe secar. Assim, você irá deixar a tábua devidamente limpa e livre do cheiro “impregnado” dos alimentos.

2. Manusear a faca corretamente

imagem de pessoa cortando cebola em uma tábua de madeira

Um cozinheiro exemplar sabe utilizar com propriedade sua faca. Ainda é bom lembrar que uma lâmina afiada apresenta menos riscos do que uma sem amolar. Com uma faca devidamente amolada (mantenha o afiador na bancada), você não precisa colocar tanta força no corte, o que acontece quando a faca está ”cega”, o que pode ocasionar um acidente.

A escolha de quais facas usar dentro da cozinha depende de uma série de fatores. Existem vários modelos, tipos de lâminas em aço e inox, materiais do cabo, se ele é anatômico, entre outras questões. Sobre esse assunto, nós da Cimo produzimos um post super detalhado de como escolher as facas de cozinha, vale a pena conferir!

Após escolher as melhores ferramentas para corte é muito importante ter habilidade! Saber picar legumes, vegetais, entre outros, é essencial para garantir um tempero ótimo na sua comida. A primeira dica é relacionada à tábua de picar, seja ela de qualquer material. Para a tábua não balançar na hora de cortar os ingredientes, molhe um pequeno pano ou um pedaço de papel toalha e coloque-o por baixo do utensílio. Isso garantirá que ficará no lugar e não escorregar.

Dica extra: ao cortar qualquer vegetal ou legume redondo, para ter mais praticidade, faça um pequeno corte embaixo, criando, assim, uma superfície plana. Desse jeito o ingrediente ficará firme na hora de picá-lo.

Como cortar cebola de um jeito fácil e simples

Vamos ensinar, de maneira breve, o corte Brunoise para cebolas. Um jeito super fácil que deixa o vegetal em formato de cubinhos, ótimo para o preparo de arroz, por exemplo.

  • Corte ao meio a cebola no sentido do comprimento, preservando a raiz;
  • Faça cortes paralelos retos no sentido do comprimento;
  • 1 ou 2 cortes paralelos na horizontal, sem chegar próximo a raiz;
  • Em movimentos de guilhotina (de cima para baixo), termine fazendo cortes paralelos no sentido da largura e retire a raiz

Pronto, agora você tem cebolas em pequenos cubos de uma maneira bem simples.

3. Entender como funcionam os pesos e as medidas

Para uma receita sair do jeito correto como foi criada, é necessário seguir à risca todos os ingredientes em suas medidas adequadas. Para isso, o cozinheiro precisa ter itens como:

  • Balança para pesar alimentos;
  • Medidores de xícaras;
  • Copos com medidas.

Somente com medidores de precisão conseguimos garantir que a receita terá sucesso, e que não será apenas uma adequação. Lembre-se: cada grama/ml importa!

4. Saber usar os temperos corretos

Imagem de um chef de cozinha enquanto prepara um prato

Usar os temperos mais adequados exige conhecimento do sabor e do aroma que cada um apresenta, além, é claro, de noção das possíveis harmonizações. A quantidade do sal, do açúcar, assim como a acidez e a picância, são elementos importantes na hora de criar uma “alquimia culinária”, por isso é tão importante experimentar as doses e combinações.

Aposte nos temperos naturais e fuja dos industrializados!

Vamos te mostrar um jeito simples de como temperar peito de frango com equilíbrio, sem exageros e sempre aproveitando o seu sabor natural.

Como fazer salmoura para temperar o frango

Você precisará de: 1 colher de sal, 1 colher de açúcar mascavo e 1 dente de alho.

  • Misture bem todos esses ingredientes até virar uma pasta;
  • Passe a mistura nos pedaços de frango;
  • Finalize colocando-os dentro de um recipiente e cobrindo-os com água;
  • Leve à geladeira por 20 minutos.

Um bom chefe de cozinha precisa saber que o uso de azeite de oliva é a melhor opção na hora de fritar qualquer carne, garantindo a saúde de quem irá comer.

Dica: ao fritar frango, bife ou peixe, não coloque a carne fria direto na frigideira, prefira esperar alguns minutos até ela atingir uma temperatura ambiente, isso fará que ela fique muito mais saborosa.

5. Entender que ser um bom cozinheiro requer muita aprendizagem

imagem com zoom de uma frigideira em uso

Cometer erros é normal, afinal, ninguém nasce sabendo como cozinhar. O importante é entender essas falhas e aprimorá-las passo a passo. Faça cursos, workshops, participe de palestras. Todo conhecimento é válido quando o assunto é melhorar suas habilidades.

Não se amarre apenas ao livro de receitas, busque vídeos, tenha uma boa concentração dentro da cozinha, assim sua capacitação aumentará e se tornará um excelente cozinheiro. Saiba que a todo momento surgem informações novas, busque-as!

Esperamos que tenha gostado do post de hoje e que o tenha ajudado a entender as habilidades e competências que são necessárias para te tornar um bom cozinheiro. Agora, quer saber como acender churrasqueiras como um expert? Confira o conteúdo!

Até o próximo post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *