tipos de faca de combate

Facas de combate e suas possibilidades com a Cutelaria Cimo

A sede por aventuras e um estilo de vida rústico faz com que muitos adeptos do militarismo entrem para a vida cuteleira, e um dos objetos que se tornou item de desejo para muito deles é a faca de combate. Conhecidas também por faca tática, esses modelos se tornaram um equipamento famoso entre os fãs de séries e filmes sobre o tema.

Assim como os diferentes materiais especializados, essas facas também apresentam características completamente diferentes daquelas que são utilizadas para cozinhar ou em outras atividades de rotina. Elas foram pensadas para solucionar questões de sobrevivência, sejam elas dentro ou fora de combate.

Quer encontrar uma faca de combate para chamar de sua, mas ainda não sabe muito bem por onde começar essa busca? A Cutelaria Cimo preparou um guia completo sobre o que são as facas de combate e tudo que você precisa saber para encontrar aquela que mais combina com suas necessidades. Venha conferir!

Mas, afinal, o que são facas de combate?

Como diversas armas brancas e equipamentos táticos, as primeiras facas de combate surgiram na segunda guerra mundial. Os soldados precisavam de uma ferramenta de campo que oferecesse força e eficiência em diferentes atividades, não apenas em lutas corporais.

Especialistas em luta, inclusive, apontam o uso da faca como último recurso para combates individuais. Eles defendem que seu uso deve ser voltado para demais atividades em ambientes inóspitos, como o corte de árvores, o preparo de animais e até mesmo a proteção para trilhas e experiências imersivas.

Ao definir uma faca de combate, é importante encontrar características ligadas ao equipamento e não ao seu uso, já que ele pode ser tão amplo. Lâminas com dois lados iguais, fio em formato de cerra ou até mesmo uma única região afiada são boas definições, assim como o seu tamanho, que pode ir de 5cm até 22cm de comprimento.

Escolhendo sua faca de combate ideal

Como já sabemos, a faca de combate vai muito além de um simples acessório para brigas, inclusive, ela raramente é usada com esse propósito. Então, para escolher sua peça ideal, o mais importante é pensar na sua utilização, para onde você vai levá-la e qual é sua principal intenção de uso nesse contexto.

Observar as características da lâmina é o primeiro passo para encontrar opções que mais combinem com você. A versatilidade é sempre indispensável, facas que apresentam um lado com fio para corte e uma serra dorsal, por exemplo, podem ser usadas para cortar cordas e diferentes materiais mais grossos.

O material das lâminas também deve ser observado com cautela, já que a intenção é sempre garantir as opções de mais durabilidade. Facas que apresentem uma retenção maior do fio costumam resistir a impactos fortes por mais tempo. A facilidade para amolar também é um aspecto que não pode ficar de fora.

Para os cabos, a usabilidade é indispensável na hora de decidir o melhor modelo de faca de combate, mas segurança e conforto entram na lista para evitar problemas durante o uso. Aposte sempre em materiais para cabos mais rígidos e com algum tipo de aderência, como a madeira qualificada da Cutelaria Cimo.

O tamanho é um dos aspectos mais pessoais na hora de escolher seu equipamento, afinal, você conhecer as opções mais confortáveis para o seu tipo e aventura. Aqui, é válido levar em consideração quais atividades aparecem com mais frequência na rotina selvagem.

Modelos maiores são ótimos para cortes de madeira e para limpar caminhos mata a dentro, já as médias desempenham diferentes atividades com muita facilidade. Para quem gosta de acampar e quer uma faca mais robusta, mas que desempenhe atividades culinárias e tarefas minuciosas, as facas de combate pequenas são perfeitas.

Conheça mais dicas para escolher a faca de camping certa para você!

3 tipos de facas de combate para ter na coleção

Agora que você já sabe tudo sobre como escolher as melhores facas de combate, e por que essa é uma aquisição indispensável para sua coleção cuteleira, chegou a hora de conhecer os modelos de facas artesanais que não podem ficar de fora da sua próxima aventura selvagem. Vamos conferir?

O faconete é uma ótima opção para quem busca versatilidade nas lâminas, já que ele é o tipo de faca que apresenta um fio para corte e uma serra dorsal no mesmo acessório. Prefira as opções com aço inox 420 e, caso o orçamento permitir, garanta diferentes tamanhos para uma coleção multitarefas.

Já o facão de carbono com cromo-vanádio oferece uma afiação fina e duradoura, ótimo para quem busca uma faca companheira para a vida toda. Essa lâmina é a mais indicada para camping, trilhas e até mesmo jardinagem, então não abra mão dessa belezinha sempre que a natureza chamar. 

Uma das alternativas mais clássicas para quem busca sua faca de combate, são os facões em aço inox 420. Para garantir um fator extra de multitarefas para sua ferramenta, busque detalhes como a serra dorsal e até mesmo um cabo com abridor de garrafas.

Com tantas opções disponíveis no mercado, é fácil se perder e ficar em dúvida sobre qual é a faca de combate mais adequada para o seu tipo de aventura. Mas, com as dicas da Cutelaria Cimo, você completa sua coleção com ótimas peças e muita versatilidade na hora de colocar a mão na massa. 

Conheça também as melhores dicas sobre o porte de lâminas no Brasil, e muitas outras novidades do mundo cuteleiro aqui no nosso blog! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *